Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

apav2

cpcj3

logo atpl

ambiente
Versão para impressão PDF

Agenda 21 Local - Grupo Coordenador

O Grupo Coordenador consiste numa equipe de trabalho de carácter executivo, que reúne com o intuito de discutir/decidir os próximos passos do processo.

Estrutura organizativa

O GIGT-A21L é o grupo central da autarquia para a elaboração da A21L e que vai gerir e liderar o processo em termos técnicos. A abrangência dos temas e a necessidade de garantir a colaboração de todos os departamentos e serviços municipais recomenda um enquadramento central na instituição. A dimensão do grupo GIGT-A21L depende naturalmente das suas tarefas, mas a sua função de gestão e coordenação pode requerer cerca de dois elementos.
O GIGT-A21L faz parte e dinamizará o Grupo Técnico Interdepartamental (GTI), que como o nome indica é constituído por quadros de todos os departamentos e serviços da autarquia. São o veículo de transmissão de informação entre a A21L e todo o corpo técnico da Câmara.
Para além do GTI deve também haver o Grupo de Decisores Autarcas (GDA), ou seja um grupo de eleitos que acompanhem mais de perto o desenvolvimento da A21L. Estes eleitos devem acompanhar e liderar o processo em termos políticos e conceder-lhe apoio. De entre outros aspectos, o GDA é importante para a concertação de posições e articulação com as prioridades e opções da autarquia.
Fora da estrutura interna da autarquia existe uma estrutura muito importante, sem a qual seria impossível levar este processo adiante o Fórum de Actores
O Fórum pode ter um formato variável (plenário ou sectorial) e destina-se a ser o espaço de participação por excelência dos actores locais. Na sua versão sectorial o Fórum incide sobre os vectores específicos da A21L e deve reunir os actores mais relevantes e mais conhecedores sobre cada vector em análise.
Sublinha-se porém que a composição do FÓRUM deve espelhar o quadro dos actores locais e reunir um conjunto equilibrado e o mais representativo possível de 4 grandes tipos de actores:

a) Tecido empresarial local;
b) Tecido sócio-cultural, associações de ambiente e cidadãos líderes de opinião;
c) Quadros da autarquia ou de outras entidades da administração pública;
d) Eleitos locais, tais como vereadores, presidentes de juntas de freguesia e membros da Assembleia Municipal.

Depois de ter sido abordado a definição de GC, assim como as funções de cada grupo de apoio à A21 L, apresentamos a constituição do GC da A21 PL:

  • GDA: Presidente Manuel José Batista
    Drª. Fátima Moreira (vereadora
    Drª Gabriela Fonseca (Vereadora
    Engº António Alves (Vereador
  • GTI: Engº Albano Fonseca (Divisão de Águas e Resíduos)
    Dr. João Paulo (Divisão Social)
    Engº Paulo Guerreiro (Divisão de Obras Particulares)
    Engº Nuno Pereira (Divisão de Obras Municipais)
    Drª. Teresa Palmeira (Divisão Jurídica e de Contencioso)
    Engº Carlos Marinho (Divisão de Estudos, Projectos e Planeamento)
    Engº Paulo Freitas (Divisão da Cultura e Turismo)
    Dr.Bruno Fernandes (Divisão de comunicação e relações publicas)
  • Fórum de actores plenário e sectorial:
    É importante referir que o Fórum pode ter um formato variável (plenário ou sectorial) e destina-se a ser o espaço de participação por excelência dos actores locais, assim como da população no geral. Na sua versão sectorial, os Fóruns temáticos incidem sobre os vectores específicos identificados no diagnóstico realizado e deve reunir os actores mais relevantes e mais conhecedores sobre cada vector em análise.
    Por isso, para cada Fórum, plenário ou sectorial que será dinamizado, será elaborado um relatório onde para além de dar a conhecer a metodologia aplicada em cada sessão e os resultados da mesma, constarão os nomes dos participantes
© 2014 - Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso - Todos os direitos reservados - Política de privacidade
Desenvolvimento a cargo de: Bsolus - Business Solutions, Lda

Vale do Ave

Operação Norte

POS Conhecimento

União Europeia